Grupo de paleontologia recebeu o prémio do melhor trabalho apresentado, ex-aequo...

O projeto apresentado pelos alunos Tomás Alvim e Sofia Cruz (11º anos, das Escolas Secundária Luís Freitas Branco e Sebastião e Silva), representando o Grupo de Paleontologia - Uma nova jazida do Jurássico Médio dominada por dinossáurios predadores -  no XI Congresso dos Jovens Geocientistas recebeu o prémio do melhor trabalho apresentado, ex-aequo com um projeto  defendido por alunos do Instituto Educativo do Juncal.

Este Congresso decorreu no dia 8 de Abril e foi organizado pelo Departamento de Ciências da Terra da Universidade de Coimbra. É já a 3ª vez que alunos do Grupo de Pale ontologia apresentam os seus trabalhos neste Congresso, sempre com uma grande participação de alunos do Ensino Secundário já vocacionados para o ramo científico. As apresentações decorreram de manhã e de tarde, entre os 15 projetos seleccionados pela organização.
 
Para alcançarem este resultado, os alunos referidos, bem como o Rafael Canas, do 9º ano e muitos outros colegas e ex-colegas do Grupo de Paleontologia, enviaram um resumo e um poster para o Congresso, revisto cientificamente pela respetiva Comissão e apresentaram o trabalho sob a forma de PowerPoint.
 
Antes, tinham-se deslocado numa saída de campo realizada em março à jazida de Pedreira / Amoreira (freguesia do Bairro, concelho de Fátima), onde para além da finalização de algumas medições, filmagem de pistas por drone, comparação do tipo de preservação de algumas pegadas, passagem para acetato de pistas e localização de pegadas em GPS, realização de fotogrametria de alguns exemplares (fotografia a 3 dimensões de pegadas), acabaram por descobrir novas pegadas. Como está referido nos agradecimentos no resumo e no powerpoint, salientamos que esta saída de campo foi financiada pela Direcção do Agrupamento.

          

     

 

ANEXOS:

Apresentação do trabalho .pdf     Resumo científico do trabalho .pdf     Notícia de jornal .pdf   XI CJG - programa geral  poster da apresentação