Os alunos do 6º ano do Grupo de Paleontologia

O Grupo de Paleontologia no IX Congresso Cientistas em Ação

Os alunos do 6º ano do Grupo de Paleontologia apresentam um trabalho ao Concurso “IX Congresso dos jovens cientistas em acção”,promovido pelo centro Ciência Viva de Estremoz, no dia 8 de maio.


Este trabalho surgiu depois de uma saída de campo àsjazidas de dinossáurios da Baia dos lagosteiros e da pedra da Mua (CaboEspichel, Sesimbra) e tenta explicar a origem de uma longa depressão alinhadacom duas pegadas de dinossáurio colocadas lado a lado – “SER OU NÃO SER – IMPRESSÃO DE CAUDA DE DINOSSÁURIO?


SER OU NÃO SER – IMPRESSÃO DE CAUDA DE DINOSSÁURIO


Afonso Melo, João Gonçalves, João Renato, Nuno Santos –6º ano

Grupo de Paleontologia – Agrupamento de Escolas de Paçode Arcos

Os ossos dos dinossáurios assinalam a sua morte e astransformações posteriores. Mas como é que eles viviam? Pegadas e outrasimpressões do corpo constituem manifestações de vida, refletindo a anatomia emacção. De fato, embora as partes duras nos digam muito sobre a estruturacorporal dos dinossáurios e até a sua provável aparência, não fornecemevidências tão concretas sobre os seus comportamentos. Assim, são os váriostipos de icnofósseis que nos permitem interpretarmos comportamentos. A sua caracterização,evidência de presença e/ou de ausência, são importantes para aumentar os nossosconhecimentos. Entre eles, as impressões de caudas permitem explicar comportamentosenquanto os animais progrediam e podem mesmo ser utilizadas para fins declassificação. Em especial, impressões de caudas associadas a marcas deagachamento – impressões de pés colocadas lado a lado, dos ossos púbicos,algumas vezes até de mãos – e impressões longas de caudas associadas a pegadas/ pistas, podem ser utilizadas para determinarmos hábitos locomotores e atéinferirmos dados sobre a sua anatomia. Podem mesmo contribuir para compreendermosmelhor a evolução de alguns subgrupos de Dinosauria.

 


As primeiras reconstruções dos dinossáurios mostravamanimais arrastando passivamente as caudas quando progrediam em terra. Aausência de impressões de caudas associadas com algumas pistas eraminterpretadas como resultado das caudas flutuarem em águas pouco profundas,habitat supostamente preferido dos dinossáurios. Mas, de fato, os dinossáuriosnão arrastavam normalmente as caudas. Já na década de 70 do século passado, combase em evidências anatómicas e nos dados fornecidos pelas pistas fósseis,conhecidas em número crescente, os investigadores tinham concluído que estesrépteis erguiam as caudas bem acima do solo. Mesmo sem algumas especializaçõesanatómicas – tendões da cauda ossificados, processos as vértebras caudais queenrijeciam e reforçavam as caudas - a osteologia dos dinossáurios demonstra queas caudas permaneciam erguidas.

<!--[if !supportLists]-->·        <!--[endif]-->Mesmo assim, existem alguns casos conhecidos de impressões de caudas atribuídas a dinossáurios, embora em ínfima minoria.Entre eles, está uma impressão descoberta em 1976 na jazida dos Lagosteiros, doCretácico inferior, e atribuída a um dinossáurio ornitópode que se teria parado(a única conhecida para o nosso país). Embora a referência a esta eventualimpressão tenha sido muito resumida, nunca mais surgiu na literatura científicaqualquer dado adicional. Uma saída de campo a esta jazida permitiu-nos analisarmais em pormenor a amostra e compará-la com outras conhecidas para váriasjazidas a nível mundial. Este estudo permitiu-nos tentar responder a algumasquestões:

  • ·        são muitos os exemplos a nível mundial deimpressões de caudas de dinossáurios?
  • ·        estas marcas podem subdividir-se conforme ocomportamento dos seus autores?
  • ·        as impressões de caudas podem ser atribuídasa todos os grupos de dinossáurios?
  • ·        podemos distinguir as impressões das caudasconforme o grupo autor?
  • ·        quais as características típicas dasimpressões atribuídas a caudas?
  • ·        que comportamentos podem ser inferidos apartir destas amostras?
  • ·        podem ser estabelecidos alguns critérios paraa definição de “impressão de cauda”?
  • ·        estes critérios estarão presentes na impressãodescoberta na jazida dos Lagosteiros?
<!--[if !supportLists]-->

 

 

O Grupo de Paleontologia